Top Comics

Em janeiro de 1996 Law Tissot e Lorde Lobo encontraram-se e, pela primeira vez, resolveram passar uma tarde gastando grafites sobre diversas folhas A3, bebendo várias cervejas e soma-se a isso uma grande quantidade de cigarros (tratando-se do Law) na companhia de pilhas e pilhas de Heavy Metal, Wizard, Spawn, fanzines e várias ilustrações de seus ídolos… Essa tarde acabou inspirando outras tantas que seguiam neste ritmo de produção gráfica frenética e prometendo várias séries e personagens que envolvessem as idéias antagônicas de ambos. Explicando: Lorde Lobo, que tinha como fonte de inspiração os quadrinhos de super-heróis das editoras norte-americanas Marvel, DC e Image e ao mesmo tempo os quadrinhos infanto-juvenis do Estúdio Mauricio de Sousa. Além disso, Lorde Lobo já desenvolvia um intenso trabalho com o humor, através de suas charges publicadas em jornais da cidade de Rio Grande e editava na ocasião o Chargeta o Jornal das Charges, dedicado exclusivamente ao humor gráfico. Já Law Tissot mantinha sua predileção por quadrinho europeu, Moebius, Druillet, Bilal, Mattotti, ao mesmo tempo em que estudava as idéias dos mundos alienígenas e biomecânicos do pintor suíço H.R. Giger. Law também se dedicava intensamente aos fanzines e quadrinhos experimentais.

Embora realmente se confirme como antagônicos ou contraditórios os universos gráficos da dupla, foi justamente isso que acabou unindo esses artistas: O que aconteceria se, ao invés de cada um desenhar em uma folha separada, elaborassem um pôster em duas mãos? O resultado agradou tanto não só a eles, já que os desenhos circularam de mão em mão por vários amigos que aprovavam a experiência que decidiram trabalhar junto e afinar ainda mais suas idéias a partir de então.

O primeiro passo havia sido dado, faltava agora fomentar a cena local. Sob o nome Baby Boom Comics organizaram o primeiro cadastro de rio-grandinos ligados aos quadrinhos, fossem desenhistas, roteiristas ou colecionadores. Munidos destas informações perceberam que faltava aos interessados no assunto – histórias em quadrinhos – um ponto de referência que oferecesse uma orientação mais específica.

Law e Lobo passaram então a estudar a história das histórias em quadrinhos. Depois de praticamente um ano dedicado a uma intensa pesquisa e coleta de material, montaram o primeiro curso dedicado às HQs, da cidade de Rio Grande, nomeado Top Comics. Neste curso os alunos tiveram uma básica noção sobre as possíveis origens das histórias em quadrinhos, sua cronologia, artistas, obras, editoras, bem como suas características nos mercados europeu, norte-americano, japonês e brasileiro (comercial e alternativo). Além das aulas teóricas os alunos puderam exercitar passo a passo todo o processo de elaboração de uma HQ, desde a criação de um personagem à arte-final de uma página. As aulas das três primeiras turmas do Top Comics foram oferecidas na Escola Municipal de Belas Artes Heitor de Lemos (Rua Carlos Gomes, 583, fone 232-3387). Em 2002 os alunos puderam contar com um atendimento personalizado onde os mesmos já não precisavam mais se deslocar do seu próprio âmbito escolar, visto que o curso Top Comics passou a ir até eles. Foi o que aconteceu com a quarta turma, que teve suas aulas ministradas no Colégio Técnico Industrial da Fundação Universidade Federal do Rio Grande (CTI / FURG). Hoje o Top Comics continua à disposição das instituições de ensino que estiverem interessadas em oferecer aos seus alunos a possibilidade de pesquisarem e trabalharem com esta mídia contemporânea, as Histórias em Quadrinhos.

Turmas 1 e 2 da Top Comics em 2000

Turma 2 - Top Comics
Turma 2 – Top Comics: Da esq. p/ direita: Matheus René, Wagner Mafra, Law Tissot. A direita: Lorde Lobo.